09/dez/2014

Os perigos e tratamentos da gordura localizada

Muito mais que uma alteração estética, o acúmulo de gordura em determinada parte do corpo também é um fator desencadeante para diversos problemas de saúde

Temida e combatida por muitos, a gordura localizada é o acúmulo de gordura em determinadas partes do corpo devido ao excesso de calorias administradas nas refeições e a ação hormonal que ocorre sobre elas. Nas mulheres, a região mais acometidas são glúteos, quadril, coxas e abdômen. Enquanto que nos homens, em grande maioria, restringe-se à região abdominal.

tratamento_gorduralocalizadaok

Há várias opções de tratamentos que ajudam a combater a gordura

Muito mais que uma alteração estética, a gordura localizada também é um fator desencadeante para diversos problemas de saúde podendo causar alterações dos níveis glicêmicos (diabetes), hipertensão arterial, aumento do nível de triglicerídeos, doenças no fígado, além de ser um dos principais fatores de riscos das complicações cardiovasculares como infarto do miocárdio e AVC. A gordura abdominal, problema recorrente entre homens e mulheres, é classificada por dois tipos: a subcutânea e a visceral. A primeira é aquela encontrada logo abaixo da pele, sendo possível realizar o pinçamento com os dedos. Enquanto que a gordura visceral é aquela que está entre os órgãos do corpo, mais profundas. Esta última representa maiores riscos a saúde. “A circunferência abdominal em mulheres não deve ultrapassar 88 cm e nos homens de 102 cm. Esta medida é obtida através da fita métrica calculada no ponto médio entre a última costela e a crista ilíaca”, esclarece Ingrid Campos, fisioterapeuta Dermato-Funcional da Prodieta.

O primeiro passo para eliminar essas gorduras indesejáveis é manter sempre uma boa dieta aliada a hábitos saudáveis, como a prática de exercícios físicos regularmente. Além disso, a combinação com os tratamentos da Dermato-Funcional aceleram, potencializam, aprimoram os resultados e também gera motivação por possibilitar a visível redução de medidas nas áreas tratadas. “Quando inciamos o processo de emagrecimento, a eliminação da gordura ocorre aos poucos e de maneira geral, sendo a gordura localizada a mais resistente para eliminação. Desta forma, percebe-se a importância da associação dos tratamentos estéticos localizados, acelerando e direcionando a perda dessa gordura”.

Os tratamentos são dos mais variados, e são escolhidos de acordo com avaliação prévia para eleição do método mais eficaz e eficiente em cada caso. Técnicas de massagem e drenagem linfática mostram-se eficazes quando associados a produtos de qualidade, além da utilização de tecnologias como ultracavitação, radiofrequencia, endermoterapia, microcorrentes elétrica, ultrasom, laseres entre outros, sempre utilizados com propriedade por profissionais qualificados e capacitados para tal. A escolha do tratamento é realizada de acordo com a faixa etária sendo indicado para todas as pessoas que apresentam gordura localizada, independente de sexo, e até para as pessoas que já realizaram ou pretendem realizar intervenções cirúrgicas.

Independente do método, o objetivo é reduzir e eliminar a gordura localizada em determinada parte do corpo. Logo, as terapias procuram as vias de eliminação da mesma, aumentando o metabolismo, acelerando o processo de gasto energético, fragilizando a membrana da célula adiposa resultando assim na lipólise, que é a degradação de lipídeos. “Se encarado de maneira correta, seguindo todas as orientações, os resultados são extremamente satisfatórios, de tal forma que a Dermato-Funcional vem sendo cada vez mais procurada, por apresentar formas tratamentos não invasivos, com poucas limitações e não necessita de repouso no pós sessão”, afirma Ingrid Campos.

Texto: Fabiana Constantino, jornalista da Maíra Passos Comunicação 

Postado por Maíra Passos

Compartilhar

Deixe seu comentário